Projeto Educativo

Um modelo pedagógico para o séc. XXI

O que nos diferencia?

O Colégio Saint Daniel Brottier distingue-se por promover um modelo pedagógico que tem por base a filosofia do Movimento da Escola Moderna e que dá resposta aos desafios da aprendizagem da criança do século XXI

 

Porquê?

Utiliza um modelo pedagógico:

Que está centrado no percurso de aprendizagem da criança, em interação social!

  • A curiosidade de cada criança é o ponto de partida para a sua aprendizagem.
  • As interações entre os alunos são reconhecidas como promotoras de competências e do desenvolvimento pessoal e social.
  • A aprendizagem da criança é feita a partir de casos concretos da sua vivência quotidiana e da realidade atual.
  • São utilizadas estratégias de diferenciação pedagógica para cada aluno, destacando-se, entre outras, o tempo de estudo autónomo em horário escolar, momento por excelência para o professor, em sala de aula, acompanhar e potencializar o desempenho de cada criança individualmente, preparando materiais e tarefas específicas.
  • Através de uma gestão flexível do percurso de cada aluno, de forma a atingir as aprendizagens previstas no currículo nacional em vigor. Neste percurso, a criança pode evoluir para propostas mais desafiantes, de outros anos de escolaridade, ou recuperar conteúdos em que demonstra mais dificuldade.

Em que as crianças são parte ativa no processo aprendizagem!

  • Na construção da agenda semanal da turma, em que as próprias crianças propõem, sob a orientação do professor, determinada atividade ou a abordagem de um tema, relativas ás áreas curriculares previstas em horário escolar.
  • Através de trabalho em projetos e de momentos de trabalho em grande grupo, a pares ou pequenos grupos, com momentos de partilha, por cada criança, de diferentes conteúdos de aprendizagem. São propostos a partir da iniciativa de uma ou mais crianças, e que vão ao encontro de um dos objetivos do currículo nacional.

Que promove a autonomia dos alunos!

  • Incentivando a que cada um tenha o gosto de se responsabilizar na realização nas atividades desenvolvidas.
  • Através da organização de cada sala, com os materiais dispostos de forma acessível a cada criança.
  • Através da utilização e preenchimento das listas de verificação de conhecimentos: em que o aluno vai marcando quais os objetivos que já conseguiu alcançar ao longo do ano.

Que reforça a auto estima positiva.

  • Valorizando as conquistas de cada um no seu percurso de aprendizagem, incentivando a fazer mais e melhor, a cada momento.
  • Envolvendo cada aluno no planeamento e gestão das atividades.

 

Que aposta na aprendizagem da língua franca inglesa.

  • Promovendo AULAS DIÁRIAS DE INGLÊS, desde a sala dos 3 Anos do Jardim de Infância.

 

Em que se constrói uma avaliação formativa.

  • A avaliação que acontece de forma natural para a criança, sendo utilizada como potenciadora das aprendizagens. Tem a participação direta dos alunos em todas as fases, na determinação dos objetivos do trabalho desenvolvido e no planeamento da ação.
  • É dado semanalmente um feedback da turma e do professor a cada aluno, relativamente ao seu desempenho, de forma a que possa melhorar a sua aprendizagem na semana seguinte, com a interacção entre alunos e com o acompanhamento do professor.

Em que existe uma interação real entre a escola/família.

  • A possibilidade dos pais visitarem diariamente a sala dos seus filhos.
  • Comunicação aos pais dos projetos e trabalhos que a turma ou a criança está ou esteve a desenvolver.
  • Através da disponibilidade permanente das professoras titulares para esclarecimento de dúvidas e questões que surjam com o seu educando.
  • Pelo envolvimento dos pais e da comunidade no desenvolvimento dos projetos da sala.
  • Reuniões periódicas com os Pais.